quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Creio do chamado



- Creio que Deus nos escolheu antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele no amor (Ef 1,4).

= Creio que aquele que nos escolheu desde o seio materno nos chamou por sua graça e houve por bem revelar em nós o seu filho para que o anunciássemos (Gl 1,15-16).

- Creio que Deus nos salvou e nos chamou com uma vocação santa, não em virtude de nossas obras, mas em virtude do seu próprio desígnio e graça, que nos foi dado em Cristo Jesus, desde a eternidade (2Tm 1,9).

= Creio que Cristo Jesus nos julgou dignos de confiança tomando-nos para o seu serviço. (1Tm 1,12)

- Creio sermos apóstolos por vocação, servos de Cristo Jesus, escolhidos para anunciar o Evangelho de Deus (Rm 1,1).

= Creio que Deus escolheu o que é loucura para o mundo para confundir os sábios, afim de que a nossa fé não se baseie na sabedoria humana, mas sobre o poder de Deus (1Cor 1,27; 2,5).

- Creio que devemos comportar-nos de uma maneira digna da vocação a que fomos chamados com toda a humildade, mansidão e paciência, procurando crescer em tudo em direção a ele (Ef 4,1-2).

= Creio naquele que é poderoso para realizar por nós em tudo infinitamente além do que pedimos ou pensamos, segundo o poder que já opera em nós (Ef 3,20)


Todos - Cremos e temos plena certeza de que aquele que começou em nós a boa obra há de levá-la à perfeição até o dia de Jesus Cristo, porque aquele que nos chamou é fiel (Fl 1,6; 1Ts 5,24).

Nenhum comentário:

Postar um comentário