quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Que seu Ano Novo seja realmente NOVO!!!


Quando 2014 começou
ele era todo seu, como um livro em branco,
colocado em suas mãos,
e nele você podia colocar o que quisesse:
um poema, um pesadelo, uma oração, uma meta,
uma decisão...
Podia... hoje não pode mais...
já é um livro escrito, concluído.
Portanto, antes que 2014 termine, reflita,
tome seu velho livro e o folheie com cuidado.
Passe cada uma das páginas
pelas mãos e pela consciência;
faça o exercício de o ler a você mesmo.
E leia tudo... Coragem!

Aprecie aquelas páginas de sua vida
em que você usou seu melhor estilo  e
leia também as páginas que gostaria
de nunca ter escrito.
Não, não tente arrancá-las.
Seria inútil.
Mas, você pode e deve lê-las,
enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue em 2015.

Assim, poderá refazer as boas coisas que escreveu,
e evitar repetir as ruins.
Esse é o segredo de crescer e ser feliz.

Para escrever o seu novo livro,
você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio.

Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele...chore sim...
e, a seguir, coloque-o nas mãos de Deus.
Não importa como esteja...
Ainda que tenha páginas ruins, entregue-o a Deus e
diga apenas duas palavras:
"Perdão" e "Obrigada".

E, quando 2015 chegar, lhe será entregue
outro livro novo, limpo, em branco e todo seu,
no qual você poderá escrever o que quiser.

Pense bem, reflita, tudo que lá for escrito,
será escrito por VOCÊ,
pela sua decisão, permissão ou omissão.
Desejo-lhe um boa escrita!

Desejo que todos escrevam um livro melhor do que o 2014.

Que 2015 seja um Ano REALMENTE novo!  (AD)

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Prece de Natal

Tu, ó Menino,
filho de Maria e José, és a luz que rompe a escuridão.
Rompe nossas cadeias, cura nossas chagas,
afugenta nossos medos, desesperos, pavores, decepções.
Convoca-nos para sermos um povo livre, fraterno, alegre, esperançoso.

Tu, Menino, Deus forte, Senhor dos Exércitos,
Ternura e Misericórdia, Deus conosco para sempre, 
na claridade da sua luz dissipa nosso sono.

Neste Natal que o bom vinho seja bebido por todos,
que o pão seja por todos repartido,
que a vida seja preservada e mantida,
e a paz e a justiça floresçam em nosso chão.

(J. Alves, livro "Os Santos de cada dia")

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

15 doenças e tentações para um exame de consciência



 Papa à Curia Romana:
15 doenças e tentações para um exame de consciência

Papa à Curia Romana: quinze doenças e tentações para um exame de consciência O Papa Francisco recebeu em audiência na Sala Clementina os membros da Curia Romana para os tradicionais votos de Boas Festas. No seu discurso o Santo Padre referiu as quinze doenças da Cúria convidando todos a pedirem perdão a Deus que “nasce na pobreza da gruta de Belém para nos ensinar a potência da humildade”. O Papa pede um verdadeiro exame de consciência na preparação do Natal.

Ao apontar estas quinze doenças ou tentações o Papa Francisco esclarece que não dizem respeito apenas à Cúria Romana mas são um perigo para qualquer cristão, diocese, comunidade, congregação, paróquia e movimento eclesial.


O Papa Francisco observou que “seria belo pensar na Cúria Romana como um pequeno modelo de Igreja, ou seja, como um corpo que tenta seriamente e quotidianamente de ser mais vivo, mais são, mais harmonioso e mais unido em si próprio e com Cristo.”


O Santo Padre afirmou ainda a Igreja não pode viver sem ter uma relação vital, pessoal e autênctico com Cristo. “Vai-nos ajudar o catálogo das doenças, na esteira dos padres do deserto” – afirmou o Papa Francisco que passou a apresentar as quinze doenças ou tentações:


01 Sentir-se imortal ou indispensável – “Uma Cúria que não faz auto-crítica, que não se atualiza é um corpo enfermo”. É o “complexo dos eleitos, do narcisismo”;

02 Martalismo – provêm de Marta – é a doença do excesso de trabalho – os que trabalham sem usufruirem do melhor. A falta de repouso leva ao stress e à agitação;

03 A mentalidade dura – ou seja, quando se perde a serenidade interior, a vivacidade e a audácia e nos escondemos atrás de papeis, deixando de ser “homens de Deus”;

04 A excessiva planificação – “quando o Apóstolo planifica tudo minuciosamente e pensa que assim as coisas progridem torna-se num contabilista”. É a tentação de querer pilotar o Espírito Santo;

05 Má coordenação – quando se perde a comunhão e o “corpo perde a sua harmoniosa funcionalidade”;

06 O Alzheimer espiritual – esquecer a história do encontro com Deus. Perda da memória com o Senhor. Criam muros e são escravos de ídolos.

07 Rivalidade e vã glória – quando o objetivo da vida são as honorificiências. Leva-nos a ser falsos e a viver um falso misticismo.

08 Esquizofrenia existencial – “vivem uma vida dupla fruto da hipocrisia típica do medíocre e do progressivo vazio espiritual que livenciaturas e títulos académicos não podem preencher”. Burocratismo e distância da realidade. Uma vida paralela.

09 Mexericos – nunca é demais falar desta doença. Podem ser homicidas a sangue frio. “É a doença dos velhacos que não tendo a coragem de falar diretamente falam pelas costas”. Defendamo-nos do terrorismo dos mexericos;

10 Cortejar os chefes – Carreirismo e oportunismo. “Vivem o serviço pensando unicamente àquilo que devem obter e não ao que devem dar”. Pode acontecer também aos superiores;

11 Indiferença perante os outros – quando se esconde o que se sabe. Quando por ciúme sente-se alegria em ver a queda dos outros em vez de o ajudar a levantar”;

12 Cara fúnebre – para ser sérios é preciso ser duros e arrogantes. “A severidade teatral e o pessimismo estéril são muitas vezes sintomas de medo e insegurança”. “O apóstolo deve esforçar-se por ser uma pessoa cortês, serena, entusiasta e alegre e que transmite alegria...”. “Como faz bem uma boa dose de são humorismo”;

13 Acumular bens materiais – “Quando o apóstolo tentar preencher uma vazio existencial no seu coração acumulando bens materiais, não por necessidade, mas só para sentir-se seguro”;

14 Círculos fechados – viver em grupinhos. Inicia com boas intenções mas faz cair em escândalos;

15 O lucro mundano e exibicionismo – “quando o apóstolo transforma o seu serviço em poder e o seu poder em mercadoria para obter lucros mundanos ou mais poder.

O Papa Francisco concluiu o seu discurso recordando de ter lido uma vez que “os sacerdotes são como os aviões, fazem notícia só quando caiem...”. “Esta frase” – observou o Papa – “é muito verdadeira porque delineia a importância e a delicadeza do nosso serviço sacerdotal e quanto mal poderia causar um só sacerdote que cai a todo o Corpo da Igreja”. (RS)

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Feliz Natal do papa Francisco

O Natal costuma ser sempre uma ruidosa festa; entretanto se faz necessário o silêncio, para que se consiga ouvir a voz do Amor.

Natal é você, quando se dispõe, todos os dias, a renascer e deixar que Deus penetre em sua alma.


O pinheiro de Natal é você, quando com sua força, resiste aos ventos e dificuldades da vida.


Você é a decoração de Natal, quando suas virtudes são cores que enfeitam sua vida.


Você é o sino de Natal, quando chama, congrega, reúne.


A luz de Natal é você quando com uma vida de bondade, paciência, alegria e generosidade consegue ser luz a iluminar o caminho dos outros.


Você é o anjo do Natal quando consegue entoar e cantar sua mensagem de paz, justiça e de amor.


A estrela-guia do Natal é você, quando consegue levar alguém, ao encontro do Senhor.


Você será os Reis Magos quando conseguir dar, de presente, o melhor de si, indistintamente a todos.


A música de Natal é você, quando consegue também sua harmonia interior.


O presente de Natal é você, quando consegue comportar-se como verdadeiro amigo e irmão de qualquer ser humano.


O cartão de Natal é você, quando a bondade está escrita no gesto de amor, de suas mãos.


Você será os “votos de Feliz Natal” quando perdoar, restabelecendo de novo, a paz, mesmo a custo de seu próprio sacrifício.


A ceia de Natal é você, quando sacia de pão e esperança, qualquer carente ao seu lado.


Você é a noite de Natal quando consciente, humilde, longe de ruídos e de grandes celebrações, em silêncio recebe o Salvador do Mundo.


Um muito Feliz Natal a todos que procuram assemelhar-se com esse Natal.



Papa Francisco

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Novena de Natal Nos Passos de Paulo a Jesus

Dicas para viver bem este Natal:

1. Faça conosco a Novena Nos Passos de Paulo a Jesus
Providencie o presépio: manjedoura, palhinhas, cisal ou fios de corda, 
as figuras do presépio: Jesus, Maria, José e outros.

2. Acompanhe a Novena  nos dias: 9,10,11,15,16,17,18,22,23 de dezembro, das 20 às 21h pela Rádio 9 de julho AM 1600

3. Reúna mais alguém para participar com você.

4. Convide mais alguém para sintonizar e acompanhar pela Rádio

5. A Novena será publicada no blog Nos Passos de Paulo para que você possa acompanhar os textos.


http://nospassosdepaulo.com.br

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Calendário do Advento
 A CAMINHO DE BELÉM

DEZEMBRO 2014
dIa 01 - Vigiem e estejam preparados”. Como vigiar e nos preparar? - CONFIANÇA

dia 02 - Vigilância e  CONVERSÃO a Deus
dia 3 - Libertação da CORTINA DAS APARÊNCIAS