segunda-feira, 22 de julho de 2013

O QUE ELES DISSERAM PARA A JUVENTUDE - Dom Luciano Mendes de Almeida

Com muita dor... 
- Das coisas mais tristes hoje é ver o assassinato de grupos de jovens.
- Nossa juventude é mais eliminada pela violência do que se participasse de guerras.
- Falta muito para assumirmos Puebla, e sofremos por isso.
- A Igreja precisa ser povo, tem que ir à pobreza, isso cria mística!
- Igreja que reza, deve trabalhar com os pobres e pelos pobres.
- Este ano da juventude é um grande ato penitencial da Igreja, por não saber ouvir a juventude!
- Não podemos deixar cair os braços diante de tanta luta da vida contra a morte.
- Quando doente, lá em Mariana, pensava no tempo dos escravos, também da dizimação dos povos indígenas, e eu tinha vergonha!
- Mas diante da vida sendo assassinada, Cristo vem para trazer mensagem: “vim para que
todos/as tenham vida”. Acreditar, lutar pela vida vivifica este mundo.
(Dom Luciano Mendes de Almeida, no 8° Encontro Nacional da PJ)



Nenhum comentário:

Postar um comentário