quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

DAMASCO, O LUGAR DO ENCONTRO


Foto 1 - Mapa da região bíblica onde se situam Jerusalém e Damasco



Foto 2 - Damasco atual - vista noturna.
A cidade de Damasco, hoje Dimaks ou Damascus, é capital da Síria e tem quatro milhões e meio de habitantes.

Foto 3 - Damasco atual
Mais antiga do que a maioria das cidades citadas na Bíblia, Damasco foi um importante centro de cultura e comércio na época em que viveram Jesus e Paulo. Hoje, com a maioria da população muçulmana, conserva também muitas comunidades cristãs.



Foto 4 - Deserto e sol
Deserto da Jordânia, região de fronteira entre Israel e a Síria. Por aqui passava a antiga Via Traiana, por onde Saulo e seus companheiros devem ter passado, saindo de Jerusalém com destino a Damasco, coforme narra o livros dos Atos dos Apóstolos (At 9, 3-19; 22,6-16; 26,12-18).



Foto 5 - Placa de trânsito
A moderna placa de trânsito indica a proximidade de Damasco, com caracteres ocidentais e também em árabe, a língua oficial da região.
 
 
 
06 - Portas da cidade antiga

Estes portais de estilo arquitetônico romano lembram a cidade de Damasco que Paulo conheceu. O centro da grande metrópole, com sua agitação e trânsito, convive com os traços de uma história de mais de dois mil anos. Como diz o texto bíblico, Saulo já se encontrava "perto da cidade" , quando recebeu o convite de Jesus: "Levanta-te e entra em Damasco e lá te dirão o que deves fazer" (Cf At 9, 3.6).

07 - Casa de Ananias
O relato bíblico continua contando: "Em Damasco havia um seguidor de Jesus chamado Ananias" (At 9,10). Este foi o enviado de Jesus para batizar Saulo e assim, acolhê-lo na comunidade cristã. Nesta pequena Igreja localizada na gruta onde, conforme a tradição local era a casa de Ananias, cristãos peregrinos do mundo inteiro se encontram para rezar e meditar na experiência de conversão do Apóstolo Paulo.



08 - Cenas da conversão na capela de Ananias
Ícones em alto relevo, ajudam a criar na capela da casa de Ananias um espaço de espiritualidade e memória do texto bíblico. Da direita para a esquerda, vemos a cena do encontro entre Jesus e Saulo na estrada para Damasco; depois o batismo que o recém-convertido recebe das mãos de Ananias; e, por fim, a descida dos muros em uma cesta, cena que teria ocorrido algum tempo depois de Paulo estar convivendo com a comunidaded cristã de Damasco (Cf At 9, 23-25).



09 - Igreja de São Paulo em Damasco
Esta antiga igreja dedicada ao Apóstolo Paulo é um dos principais lugares de peregrinação dos cristãos que vão a Damasco refazer os passos do apóstolo após a conversão.



10 - Interior da igreja de São Paulo
Construida em estilo de gruta, a Igreja de São Paulo em Damasco conserva os antigos costumes dos habitantes da região, trazendo assim para a devoção dos peregrinos o genuíno ambiente no qual Paulo viveu sua marcante aventura com o Senhor ressuscitado, que transformou sua vida para sempre.



2 comentários:

  1. Paulo de soldado passa a prisioneiro de Jesus Cristo
    Já não sou eu que vivo,más o Cristo que vive em mim
    Quantos de nós ainda não fizemos esta experiência com Cristo?
    São Paulo Apostolo de Cristo seja para nós um exemplo de vida.

    ResponderExcluir
  2. Fantástico!! E maravilhoso aprender essas histórias bíblicas e principalmente ver as imagens nos fazem ir para dentro da história.

    ResponderExcluir