sábado, 21 de janeiro de 2012

A CONVERSÃO DE SÃO PAULO SEGUNDO PETER PAUL RUBENS

Conversão do Apóstolo Paulo - Peter Paul Rubens - Século 17 - Museu de Viena - Áustria


Peter Paul Rubens nasceu no fim do século 16, na região da Westfália, hoje pertencente à Alemanha. De família calvinista, recebeu forte tradição de fé cristã e foi um grande admirador da Bíblia e particularmente do Novo Testamento, cujas cenas retratou com seu talento artístico, na arte barroca.

Este quadro da conversão do Apóstolo Paulo mostra a idéia de pluralismo que será tão importante na missão do Apóstolo e que provavelmente está na intenção do autor ao pintar: entre os companheiros de Saulo de Tarso, vemos o soldado romano com vestes militares, e o típico viajante oriental com seu turbante branco. Saulo, caído ao chão, enverga o traje militar. sabemos que o Apóstolo não foi soldado, mas a cena revela-nos a sua índole combatente, pronta a defender a fé. Indo a Damasco, queria ele salvar a fé no Deus único de Israel. Após a conversão, direciona toda a sua energia de lutador para a defesa de fé em Jesus Cristo. Este Cristo que lhe apareceu gloriosamente na estrada, tem o peito despido como os servos e os pobres - esta era a idéia que Saulo fazia dele. Mas está agora revestido pelo manto vermelho de sua divindade - esta é a revelação que Saulo recebe e cai por terra cegado por tanta luz.



Nenhum comentário:

Postar um comentário