terça-feira, 28 de junho de 2011

Paulo, formador de comunidades!

Neste tempo forte de preparação para a festa dos Apóstolos Pedro e Paulo, queremos refletir com você, que conosco, segue os passos de Paulo, sobre aspectos da vida desse nosso querido Apóstolo, que ilumina também a nossa vida!
Hoje,28/06 vamos refletir sobre Paulo Formador de comunidades. O Apóstolo Paulo, não só fundou, mas foi também para suas comunidades um Pai zeloso e podemos até dizer que ele foi uma mãe, cheio de cuidados e desejando dá a sua própria vida para que as comunidades pudessem viver em plenitude a mensagem por ele anunciada!

(Imagem de - Irmã Teresa Groselj, fsp)


“Amando-vos muito, estávamos prontos a comunicar-vos não somente o Evangelho de Deus, mas também nossa própria vida.” ITs 2,8.


O modo como Paulo viveu e animou as comunidades, foi selado por Deus com a força da ressurreição. Sua vida foi transformada pelo Espírito em texto bíblico, Palavra viva, eficaz e eterna, comunicação de Deus para todos os povos.
O segredo único, para ele, que se torna nossa herança, foi a capacidade de esvaziar-se, de si mesmo a cada momento, assumindo na dinâmica da graça, tudo o que a vida comunitária e apostólica lhe apresentou. Desse modo o Espírito pôde, por meio dele, animar as comunidades no seguimento de Jesus Cristo morto e ressuscitado, que ele anunciou e testemunhou.
Mas também hoje, como Arquidiocese, vivemos o nosso compromisso com a formação de uma paróquia que é uma comunidade de comunidades. Comprometidos com a Evangelização, Como nos diz a Carta Pastoral: Paróquia Torna-te o que tu és!
“Em nossas paróquias, é necessário despertar um novo ardor missionário, para que muitas pessoas abracem esta causa com fé, esperança e entusiasmo, “confiados a graça do Senhor”. A formação e preparação dessas pessoas é indispensável para desenvolver nas paróquias uma nova atitude missionária. Que o exemplo e o ardor missionário de São Paulo, contagiem nossa Igreja.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário