segunda-feira, 27 de junho de 2011

Paulo Evangelizador da Cidade!

Durante esta semana o Programa Nos Passos de Paulo, está vivendo um clima de praparação para a solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo. Por isso, cada dia vamos refletir sobre um aspecto da vida do Apóstolo Paulo, que ilumina também a nossa caminhada!

No programa de hoje, 27/06, vamos refletir sobre Paulo Evangelizador da cidade e perceberemos que os desafios encontrados pelo Apóstolo em sua missão, não são diferentes daqueles que encontramos em nossa missão hoje!

(Imagem de - Irmã Teresa Groselj, fsp)
"Cidadãos atenienses! Vejo que, sob todos os aspectos, sois os mais religiosos dos homens. Pois, percorrendo a vossa cidade e observando os vossos monumentos sagrados, encontrei até um altar com a inscrição: ao ‘Deus desconhecido’. Ora bem, o que adorais sem conhecer, isso venho eu anunciar-vos!”(At 17,23-31).


A estratégia missionária do Apóstolo Paulo está em atingir os grandes centros. Sempre que chegava a uma grande cidade, procurava conhecer a realidade e ir em busca de trabalho e nesse contexto anunciava Jesus Cristo
Assim, o Apóstolo Paulo, partia de cidade em cidade levando a Boa Nova de Jesus Cristo. E enfrentava muitos desafios, como já vimos aqui: perigo de ladrões, de falsos irmãos, de tempestades, e até mesmo o risco de não ser acolhido. Esses são alguns desafios enfrentados pelo Apóstolo em seu tempo, mas também no nosso tempo enfrentamos desafios...
A evangelização na cidade hoje também enfrenta muitos desafios, como o da violência. Assim nos diz o documento de Aparecida no número 78: "A vida Social em convivência harmônica e pacífica está se deteriorando gravimente em muitos países da América latina e do Caribe pelo crescimento da violência, que se manifesta em roubos, assaltos, sequestros, e o que é mais grave, em assassinatos qua a cada dia destroem mais vidas humanas e enchem de dor as famílias e a sociedade inteira."
Nesse contexto a conferencia de Aparecida, recomenda uma nova pastoral urbana que ofereça maior atenção aos que estão caídos nas ruas, nas drogas e em tantas realidades de necessidade extrema.... (cf. Doc. AP. 517 j).

Nenhum comentário:

Postar um comentário