segunda-feira, 31 de maio de 2010

Romanos, a maturidade do pensamento paulino

Pintura: Pe.João Marcos

A carta de São Paulo aos Romanos é tida como a herança da maturidade missionária do Apóstolo Paulo. Isso porque na carta ele reúne a grande experiência de muitos anos como missionário e o extraordinário conhecimento das Escrituras judáicas. E isso para que? Para explicar, com clareza a questão central cristã: a libertação do pecado, a reconciliação com Deus e a salvação, que são dons gratuitos vindos da morte e ressurreição de Cristo e não são méritos humanos.

Paulo afirma que quem liberta do pecado justifica e salva é Cristo, por sua morte e ressurreição. E quem santifica é o Espírito Santo por sua graça transformadora. Cabe, portanto, a pessoa aderir ao Evangelho pela fé, permitir que o Espírito a liberte do pecado e praticar o amor, o serviço fraterno e a justiça. Por fim, encontramos na carta aos Romanos uma espiritualidade que transforma a pessoa, onde Paulo enumera os frutos da ação do Espírito que santifica,sendo eles: a bondade, a paciência,o amor,a justiça, a alegria e a esperança.

Irmã Maria Inês Carniato

terça-feira, 25 de maio de 2010

O trabalho

Rodval Matias, do livro:

O mundo de Paulo, de Matthias Grenzer e Fabiana Sousa


“O vosso trabalho não é inútil para Deus.” (1ª Cor 15,58)

Que expressão confortadora para nós que trabalhamos, não é? O trabalho em um grande recurso para desenvolver as nossas capacidades, fornecer os meios de sobrevivência, possibilitar a nossa realização, fazendo-nos felizes. Agradecemos ao Apóstolo Paulo por nos confirmar que o próprio Deus valoriza nosso trabalho.

Leia nas cartas de São Paulo o quanto ele trabalhou para que o Evangelho chegasse até nós hoje. Então, todas as manhãs crie disposições para enfrentar mais um dia de trabalho, valorize o que vai faz e o que vai fazer, tenha boas motivações para qualquer tipo de trabalho. Trabalhar com prazer e alegria é colaborar para o bem de todos.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Cartas deuteropaulinas


Você sabia que metade, das 13 cartas atribuídas ao apóstolo Paulo não são consideradas escritos seus? Isso mesmo, são as cartas deuteropaulinas. Alguns estudiosos dizem que essas cartas foram escritas por discípulos do apóstolo.
Nas cartas chamadas deuteropaulinas, que são: 2ª Tessalonicenses, Colossenses, Efésios, 1ª e 2ª Timóteo e Tito.

Nelas são refletidos situações e problemáticas diferentes das outras cartas paulinas, por isso são chamadas deuteropaulinas. Essa prática de escrever uma carta e assiná-la com o nome de uma pessoa reconhecida é observada em outros textos bíblicos e, no caso de Paulo, pode-se dizer que outra geração cristã quis atualizar seu pensamento para a sua época. No entanto, todas essas cartas tornaram-se, na Bíblia, para nós Palavra de Deus.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO


Quem és tu, luz, que me inundas e clareias as trevas de meu coração? Tu me guias, qual mão carinhosa de mãe, se de ti me desprendo, não saberia caminhar nem mais um passo. Tu és o espaço, que cerca o meu ser e em si me acolhe. Saindo de ti, mergulho no abismo do nada, de onde tu me tiraste. Tu estás, mais próximo a mim do que eu a mim mesma, e mais íntimo do meu interior - no entanto, continuas intocável e incompreensível, arrebatando o que existe:
SANTO ESPÍRITO - ETERNO AMOR.
Não és tu o maná, que passa do coração do filho ao meu, comida dos anjos e dos santos? Ele, que da morte para a vida se levantou, também a mim ressuscitou para a vida. Arrancou-me do sono da morte, e nova vida Ele me dá de dia para dia. Um dia sua plenitude indundar-me-á totalmente, vida de tua vida - sim, tu mesmo: SANTO ESPÍRITO - ETERNA VIDA.
És tu o raio que estala do trono do juiz e irrompe na noite da alma, que nunca se reconhece a si mesma. Misericordioso-inexorável, penetra-lhe os abismos sombrios, e ela, assustada com a visão de si mesma, cede-lhe confiante o lugar - Santo temor, início daquela sabedoria, que vem das alturas e nas alturas nos ancora fortemente -, tua realidade nos cria de novo: SANTO ESPÍRITO - RAIO PENETRANTE.
És tu a canção do amor e santo temor, que ecoa eternamente ao redor do trono de Deus, que une em si o puro som de todas as criaturas? A sintonia que une os membros com a cabeça, nela cada um encontra feliz o sentido misterioso de seu ser e flutua em júbilo, em tuas torrentes: SANTO ESPÍRITO - ETERNO JÚBILO.
És tua a plenitude, a força do Espírito, pela qual o Cordeiro rompe os selos do livro da vida por um eterno decreto de Deus. Impelidos por Ti, os mensageiros do juízo galopam pelo mundo e separam com espada afiada o Reino do meio das trevas. Então, tornar-se-ão novos o céu e a terra, e tudo aparecerá no devido lugar pelo teu sopro: SANTO ESPÍRITO - FORÇA VENCEDORA.
Edith Stein - Pentecostes, 1942

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Paulo em Filipos

Paulo e Silas presos em Filipos - Cláudio Pastro


Filipenses, prova de gratidão e amizade

A Carta aos Filipenses foi dirigida à comunidade de Filipos, na Macedônia, a primeira cidade da Europa onde Paulo anunciou o Evangelho. Paulo, Silas e Timóteo chegaram a Filipos no verão de 48. Os missionários costumavam procurar primeiro os judeus, mas não havia sinagoga na cidade. A primeira visita provavelmente estendeu-se por seis ou sete meses: do verão de 48 à primavera de 49. Quando os filipenses souberam que Paulo havia sido preso em Éfeso, ficaram aflitos e apreensivos. Durante esse período, mandaram um representante para levar presentes, talvez agasalhos para o frio e ajuda em dinheiro. Esteve em Filipos após os conflitos em Corinto, em junho de 54 e em 55, após a prisão, passou o inverno com a comunidade, onde provavelmente Paulo fixou residência nessa comunidade depois de ter sido libertado no primeiro julgamento em Roma.

Ir. Maria Inês Carniato, fsp


terça-feira, 11 de maio de 2010

A mais antiga imagem do Apóstolo Paulo



O Vaticano anunciou em 2009, a descoberta de uma pintura do século IV que retrata São Paulo. E afirmou que se trata da imagem mais antiga que se conhece do apóstolo. De acordo com o jornal "L'Osservatore Romano", a pintura foi descoberta em Roma, durante o restauro da catacumba de Santa Tecla, a poucos metros da Basílica de São Paulo Extra-Muros.

A Palavra de Deus e a Espada



Normalmente Paulo é apresentado tendo nas mãos um livro e uma espada. O livro faz pensar na Palavra de Deus, que ele tanto amou e fifundiu. A espada fala do seu martírio: Ele teve a cabeça cortada pela espada. A tradição diz que São Paulo foi decapitado num lugar onde hoje existe a Abadia delle Tre Fontane. Segundo a tradição, ao ser decapitado a sua cabeça rolou e bateu em três lugares. Desses lugares nasceram três fontes. Por isso o local passou a ser chamado, Tre Fontane.

terça-feira, 4 de maio de 2010

ORAÇÃO A SÃO PAULO

Cláudio Pastro


- Paulo, CHAMADO por Deus para comunicar o Evangelho de Jesus Cristo.
- Paulo RESPOSTA ao dom de Deus para cumprir o projeto do Pai.
- Paulo, ESCOLHIDO para ser morada do amor de Jesus Cristo.
- Paulo, EXEMPLO VIVO de docilidade ao Espírito Santo.
- Paulo COMPREENSÃO das culturas existentes no seu tempo.
- Paulo, INICIADOR das comunidades cristãs no ambiente pagão.
- Paulo, CORAGEM na abertura de novos caminhos e horizontes universais.
- Paulo, PROMOTOR da expansão do cristianismo.
- Paulo SENSÍVEL às pessoas, às realidades sócio-culturais.
- Paulo, MODELO MISSIONÁRIO para a evangelização do mundo atual.
- Paulo, EVANGELIZADOR convicto de Jesus Cristo, Crucificado e Ressuscitado.
- Paulo, NOVA CRIATURA EM CRISTO, para o benefício dos irmãos.
- Paulo, ATLETA que, na fé, vence os conflitos e desafios da missão.

PAULO, intercede por nós, pelo mundo da comunicação. Concede à Igreja de Jesus Cristo um novo vigor missionário. Audácia para responder com amor e competência às necessidades das pessoas do nosso tempo.Concede-nos a abertura de mente, a convicção da fé no viver e anunciar o Evangelho.

PAULO, leva-nos pelos caminhos da sabedoria e do diálogo decisivo e transparente, no areópago da Comunicação. Conduze-nos pelas vias saudáveis das novas tecnologias da comunicação, que geramnovas relações nos comportamentos das pessoas.Ensina-nos a estar presente nos espaços públicos,com pastorais adequadas, sem abdicar da identidade cristã.

PAULO, ensina-nos a sermos discípulos e missionários de Jesus Cristo, no mundo da comunicação, compreendendo, vivendo e influindo eticamente na construção da cultura midiática atual, proclamando que somente Jesus é o CAMINHO, a VERDADE e a VIDA!
AMÉM.


(JT Puntel)

(Esta oração pode ser rezada em comunidade. A cada invocação, responde-se: Rogai por nós! E no final, todos podem rezar juntos as demais orações.)

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Atenas-Rafaello-Livro Sulle orme

Usando o dom que Deus me deu, eu faço o trabalho de um construtor competente. Ponho o alicerce, e outro constrói em cima dele; porém, cada um deve construir com cuidado. (ICor 3,10 )