sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Montando o Presépio...

Durante estes dias que antecedram o Natal, nos preparamos montando o nosso Presépio, a seguir você terá o conteúdo que foi transmitido em cada dia, para você continuar rezando!

Dia 24/12 - Celebremos o Deus Conosco neste humilde presépio!


Deus se fez carne e habitou entre nós. Ele vem a nós como um menino silenciosos, como uma criança frágil, como um recém-nascido. Deus aproxima-se de nós na mansidão de uma criança, para que ninguém fuja dele, para que todos sejam atraídos pelo presépio. Quem olha para aquele menino reclinado na manjedoura, sente-se atraído pelo mistério de sua vida, mas aproximando-se mais, percebe a sua divindade. Ele é o Deus conosco!
Aquele que ninguém viu e jamais alguém contemplou apresentou-se a nós como um irmão na fragilidade do Filho de Maria, na grandiosidade do Deus encarnado. Que saibamos acolher essa graça de sentir o quanto somos amados por Deus e por isso queremos unir nossas vozes a todas as vozes da humanidade para dizer: Glória a Deus nas Alturas e Paz na Terra aos Homens por ele amado!

Dia 23/12 - A visita dos Reis Magos ao menino Jesus.




Os reis Magos que vinham do Oriente, procuravam o Rei dos Judeus, cujo nascimento fora anunciado a eles por uma estrela. Eles vêm de diferentes caminhos e desejam encontrar a criança Divina. Eles representam o ser humano de diferentes raças e culturas, de diferentes religiões e costumes, que pretendem descobrir o mistério da vida.
A busca da verdade leva ao Cristo, e por isso não precisamos temer outras direções, porque elas não trazem perigos para nossa fé Cristã. Quando encontraram Jesus, os Magos se ajoelharam, adorando o menino Deus, e lhe ofereceram ouro, incenso e mirra. O ouro revela a realeza do Menino, que se manifesta em seu amor e brilha diante de Deus e dos Homens. O incenso é o perfume agradável da Oração, que atravessa as portas fechadas e abre o coração humano para Deus, sinal do sacerdócio e da Divindade do Menino. A Mirra é uma erva que serve de remédio para as feridas. É também usada nos ritos funerários. Ela recorda a dor e a cruz que o Rei/Sacerdote deverá enfrentar.

Dia 22/12 - A Estrela

Um símbolo importante do Natal é a estrela. Ela conduziu os Magos até Belém. No Advento, a estrela recorda o Cristo/Luz, que conduz seu povo nos caminhos da vida. Seu brilho dissipa as trevas e convida a sermos luz para as pessoas, uma fonte de calor, vida e amor para todos.
O Natal é um convite para nos tornarmos uma estrela que ilumina a noite escura que nos cerca. A Estrela é o astro da fé que conduz homens e mulheres de todos os tempos, na busca da verdade. A estela mostra o caminho, acompanha e aproxima o peregrino da luz verdadeira que nunca se apaga. Ela brilha todos os dias do ano, Pois Deus é luz e Nele não há trevas.

Dia 21/12 - Os Pastores e os Anjos

Hoje queremos rezar com os pastores que ouvindo o anuncio dos anjos visitaram o menino Jesus naquela noite feliz! Os Pastores são sensíveis aos sinais que aparecem no meio da noite. É por isso que acolheram a mensagem de paz que os anjos lhe anunciaram. Suas mãos calejadas se unem em oração, e diante do presépio seus rostos se iluminam. Com os Pastores precisamos prender a ser pobre no estilo do Evangelho que diz: “Felizes os pobres em Espírito, porque deles é o Reino dos Céus”.
Os Anjos são mensageiros da paz. Os Primeiros que cantam a Boa-Nova e com o seu canto anunciam aos Pastores o Nascimento de Jesus, Aquele que traz a Paz em plenitude para os Homens e em todos os seus atos dá Glória ao Pai! Que como os anjos que anunciaram a Boa Notícia, nossa vida também se torne anuncio de paz, amor e alegria. O Presépio é um convite para acolhermos a renovada oferta de Deus para nos colocarmos no caminho da Paz que sai do coração de Jesus.


Dia 20/12 - São José - O Justo

A Bíblia nos diz que José é um homem justo, isto é, age corretamente. Diante da surpresa da gravidez de Maria, ele medita sobre como ele deve reagir, e Deus intervém em suas reflexões. Envia-lhe, em sonho, um anjo, que lhe explica o ocorrido e lhe pede para acolher Maria.
José escuta a voz do sonho. Ele pensa e reflete sobre a situação, mas aceita aquela mensagem que lhe mostra a realidade sob uma nova luz. Ele acolhe a mãe e a criança. Se Maria é o colo materno, José é o braço protetor. Ele revela a importância de enfrentar as dificuldades da vida, sonhando um mundo melhor, capaz de ver o sonho de Deus realizado para a humanidade.


Dia 19/12 - Nossa Senhora na vida de Jesus e na Nossa vida!

Maria é a mãe protetora, cuidadosa e amorosa. Seus cuidados dão calor ao Menino Jesus e o protege da frieza deste mundo. Maria abriga, carrega e amamenta o Menino Deus. É a Virgem silenciosa que medita sobre os fatos da vida sem compreender tudo. Ela pondera as palavras e sente com o coração o que os fatos significam.
No Presépio, geralmente, Maria está ajoelhada diante da criança. Isso revela o Mistério desse nascimento: Deus se fez Criança! Maria é a mulher que acredita e reflete em seu coração sobre o que aconteceu.
Deus preparou uma mãe que fosse digna de seu filho e encontrou na Virgem de Nazaré a fidelidade absoluta e a entrega total. Saudemos Maria, a Bendita entre todas as gerações, aquela que acreditou e cantou as maravilhas que o Senhor realizou.

Dia 16/12 - A Manjedoura

A montagem do presépio faz referência ao momento do nascimento de Jesus Cristo na gruta de Belém, na companhia de José e Maria. O primeiro presépio foi montado por São Francisco no ano de 1223 em Greccio, na Itália. Hoje, vamos colocar em nosso Presépio a Manjedoura.
LOC.: A Manjedoura era o lugar onde os animais comiam. Depois de receber o Menino Jesus, ela torna-se o símbolo da acolhida. Hoje que meditamos sobre a manjedoura, rezemos ao Senhor para que ele nos ajude a preparar a manjedoura de nosso coração para acolher o Menino Jesus.
O menino colocado na manjedoura se parece com todos os outros recém-nascidos, mas a condição do seu nascimento escandalizava até mesmo os pastores. Eles possuíam ao menos uma tenda própria para viver. O Menino de Belém nasce entre os animais, na estribaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário