quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Paulo nos fala hoje...frase do dia

( São Paulo sendo levado para prisão em Roma - Maraini)

“Se você me considera como irmão na fé, receba Onésimo como se fosse eu mesmo. Se ele deu algum prejuízo ou deve a você alguma coisa, ponha isso na minha conta. Eu, Paulo, escrevo com minha própria mão: eu pagarei... É claro que não preciso fazer você se lembrar que também você me deve a sua própria vida. Sim, irmão, deixe que eu abuse de sua bondade no Senhor. Conforte, em Cristo, meu coração.” Fm 1, 18-20

O comportamento em relação aos irmãos demonstra a fé e o amor que se tem por Jesus. Paulo convida Filemon a dar um testemunho prático e eficaz da própria fé: mostrar que tudo o que ele tem, inclusive Onésimo, pertence a Cristo.
Paulo não pensava certamente em criticar o estatuto da escravidão, comum em seu tempo, provocando assim uma revolução social. Os cristãos ainda não tinham força para exigir transformações estruturais da sociedade. Mas o Apóstolo implicitamente declara que a estrutura vigente não é legítima. De fato, mostrando que as relações dentro da comunidade cristã devem ser fraternas, Paulo esvazia completamente o estatuto da escravidão e a desigualdade entre as classes. Em Cristo todos são irmãos, com os mesmos direitos e deveres. E só Cristo é o Senhor.

Ir. Esther Thomasi, fsp

Nenhum comentário:

Postar um comentário