quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Com a letra P...

Na teologia Paulina a Cruz representa a suprema manifestação do poder de Deus. Na morte, Ressurreição e exaltação de Jesus Cristo, Deus manifestou seu poder superior contra o mal, representado pela morte.
O poder de Deus está em sua capacidade de amar! Deus é amor! Podemos dizer que Deus é um Deus todo amoroso! E é esse poder de Deus que sustenta Paulo em sua missão. Paulo descobre a força deste amor pessoal de Deus por ele, e por cada um de nós, manifestado em Jesus Cristo. E diz.: “Vivo na fé do Filho de Deus que me amou e se entregou por mim”.
Por confiar em um Deus que realiza tudo o que pretende por meio de seus frágeis servos, Paulo pode dizer aos Filipenses tudo posso Naquele que me fortalece. E também aos Coríntios: “Esse tesouro nós o levamos em vasos de barro, para que todos reconheçam que esse incomparável poder pertence a Deus e não é propriedade nossa. Somos atribulados por todos os lados, mas não desanimamos; somos postos em extrema dificuldade, mas não somos vencidos por nenhum obstáculo; somos perseguidos, mas não abandonados; prostrados por terra, mas não aniquilados...”
O mesmo poder de Deus que animou o Apóstolo Paulo, anima cada um dos fieis que coloca sua vida a Serviço de Deus na pessoa dos irmãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário