quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Com a letra F...

Paulo nos dá mais uma vez o exemplo de Abraão, que foi aceito por Deus, não em virtude de suas obras, mas pela fé que ele possuía. Ele diz: “Abraão teve fé em Deus e isso lhe foi creditado como justiça... Esperando contra toda esperança, Abraão acreditou e tornou-se o Pai de muitas nações, conforme foi dito a ele. Ele não fraquejou na fé, embora já estivesse vendo o seu próprio corpo sem vigor...Diante de promessa divina, ele não duvidou , mas foi fortalecido pela fé e deu glória a Deus.” Paulo continua: “Também para nós a fé foi creditada como justiça, pois acreditamos Naquele que Ressuscitou Jesus Cristo dos mortos”.
Ter fé e entregar a própria vida a Deus é esperar contra toda esperança. A justiça de Abraão é a fé confiante de que Deus pode realizar tudo o que promete. Nós também somos justificados por Deus quando acreditamos que ele ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos, para nos livrar da morte do pecado e nos dar a vida nova. Por isso Paulo repete muitas vezes em suas cartas: “fiquem firmes na fé” e no fim de sua vida ele diz a Timóteo: “Completei minha corrida, guardei a fé”. A fé é a força que move Paulo e o faz ser tudo para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário