segunda-feira, 31 de maio de 2010

Romanos, a maturidade do pensamento paulino

Pintura: Pe.João Marcos

A carta de São Paulo aos Romanos é tida como a herança da maturidade missionária do Apóstolo Paulo. Isso porque na carta ele reúne a grande experiência de muitos anos como missionário e o extraordinário conhecimento das Escrituras judáicas. E isso para que? Para explicar, com clareza a questão central cristã: a libertação do pecado, a reconciliação com Deus e a salvação, que são dons gratuitos vindos da morte e ressurreição de Cristo e não são méritos humanos.

Paulo afirma que quem liberta do pecado justifica e salva é Cristo, por sua morte e ressurreição. E quem santifica é o Espírito Santo por sua graça transformadora. Cabe, portanto, a pessoa aderir ao Evangelho pela fé, permitir que o Espírito a liberte do pecado e praticar o amor, o serviço fraterno e a justiça. Por fim, encontramos na carta aos Romanos uma espiritualidade que transforma a pessoa, onde Paulo enumera os frutos da ação do Espírito que santifica,sendo eles: a bondade, a paciência,o amor,a justiça, a alegria e a esperança.

Irmã Maria Inês Carniato

Nenhum comentário:

Postar um comentário