quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Creio do chamado



- Creio que Deus nos escolheu antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele no amor (Ef 1,4).

= Creio que aquele que nos escolheu desde o seio materno nos chamou por sua graça e houve por bem revelar em nós o seu filho para que o anunciássemos (Gl 1,15-16).

- Creio que Deus nos salvou e nos chamou com uma vocação santa, não em virtude de nossas obras, mas em virtude do seu próprio desígnio e graça, que nos foi dado em Cristo Jesus, desde a eternidade (2Tm 1,9).

= Creio que Cristo Jesus nos julgou dignos de confiança tomando-nos para o seu serviço. (1Tm 1,12)

- Creio sermos apóstolos por vocação, servos de Cristo Jesus, escolhidos para anunciar o Evangelho de Deus (Rm 1,1).

= Creio que Deus escolheu o que é loucura para o mundo para confundir os sábios, afim de que a nossa fé não se baseie na sabedoria humana, mas sobre o poder de Deus (1Cor 1,27; 2,5).

- Creio que devemos comportar-nos de uma maneira digna da vocação a que fomos chamados com toda a humildade, mansidão e paciência, procurando crescer em tudo em direção a ele (Ef 4,1-2).

= Creio naquele que é poderoso para realizar por nós em tudo infinitamente além do que pedimos ou pensamos, segundo o poder que já opera em nós (Ef 3,20)


Todos - Cremos e temos plena certeza de que aquele que começou em nós a boa obra há de levá-la à perfeição até o dia de Jesus Cristo, porque aquele que nos chamou é fiel (Fl 1,6; 1Ts 5,24).

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Que seu Ano Novo seja realmente NOVO!!!


Quando 2014 começou
ele era todo seu, como um livro em branco,
colocado em suas mãos,
e nele você podia colocar o que quisesse:
um poema, um pesadelo, uma oração, uma meta,
uma decisão...
Podia... hoje não pode mais...
já é um livro escrito, concluído.
Portanto, antes que 2014 termine, reflita,
tome seu velho livro e o folheie com cuidado.
Passe cada uma das páginas
pelas mãos e pela consciência;
faça o exercício de o ler a você mesmo.
E leia tudo... Coragem!

Aprecie aquelas páginas de sua vida
em que você usou seu melhor estilo  e
leia também as páginas que gostaria
de nunca ter escrito.
Não, não tente arrancá-las.
Seria inútil.
Mas, você pode e deve lê-las,
enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue em 2015.

Assim, poderá refazer as boas coisas que escreveu,
e evitar repetir as ruins.
Esse é o segredo de crescer e ser feliz.

Para escrever o seu novo livro,
você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio.

Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele...chore sim...
e, a seguir, coloque-o nas mãos de Deus.
Não importa como esteja...
Ainda que tenha páginas ruins, entregue-o a Deus e
diga apenas duas palavras:
"Perdão" e "Obrigada".

E, quando 2015 chegar, lhe será entregue
outro livro novo, limpo, em branco e todo seu,
no qual você poderá escrever o que quiser.

Pense bem, reflita, tudo que lá for escrito,
será escrito por VOCÊ,
pela sua decisão, permissão ou omissão.
Desejo-lhe um boa escrita!

Desejo que todos escrevam um livro melhor do que o 2014.

Que 2015 seja um Ano REALMENTE novo!  (AD)

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Prece de Natal

Tu, ó Menino,
filho de Maria e José, és a luz que rompe a escuridão.
Rompe nossas cadeias, cura nossas chagas,
afugenta nossos medos, desesperos, pavores, decepções.
Convoca-nos para sermos um povo livre, fraterno, alegre, esperançoso.

Tu, Menino, Deus forte, Senhor dos Exércitos,
Ternura e Misericórdia, Deus conosco para sempre, 
na claridade da sua luz dissipa nosso sono.

Neste Natal que o bom vinho seja bebido por todos,
que o pão seja por todos repartido,
que a vida seja preservada e mantida,
e a paz e a justiça floresçam em nosso chão.

(J. Alves, livro "Os Santos de cada dia")

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

15 doenças e tentações para um exame de consciência



 Papa à Curia Romana:
15 doenças e tentações para um exame de consciência

Papa à Curia Romana: quinze doenças e tentações para um exame de consciência O Papa Francisco recebeu em audiência na Sala Clementina os membros da Curia Romana para os tradicionais votos de Boas Festas. No seu discurso o Santo Padre referiu as quinze doenças da Cúria convidando todos a pedirem perdão a Deus que “nasce na pobreza da gruta de Belém para nos ensinar a potência da humildade”. O Papa pede um verdadeiro exame de consciência na preparação do Natal.

Ao apontar estas quinze doenças ou tentações o Papa Francisco esclarece que não dizem respeito apenas à Cúria Romana mas são um perigo para qualquer cristão, diocese, comunidade, congregação, paróquia e movimento eclesial.


O Papa Francisco observou que “seria belo pensar na Cúria Romana como um pequeno modelo de Igreja, ou seja, como um corpo que tenta seriamente e quotidianamente de ser mais vivo, mais são, mais harmonioso e mais unido em si próprio e com Cristo.”


O Santo Padre afirmou ainda a Igreja não pode viver sem ter uma relação vital, pessoal e autênctico com Cristo. “Vai-nos ajudar o catálogo das doenças, na esteira dos padres do deserto” – afirmou o Papa Francisco que passou a apresentar as quinze doenças ou tentações:


01 Sentir-se imortal ou indispensável – “Uma Cúria que não faz auto-crítica, que não se atualiza é um corpo enfermo”. É o “complexo dos eleitos, do narcisismo”;

02 Martalismo – provêm de Marta – é a doença do excesso de trabalho – os que trabalham sem usufruirem do melhor. A falta de repouso leva ao stress e à agitação;

03 A mentalidade dura – ou seja, quando se perde a serenidade interior, a vivacidade e a audácia e nos escondemos atrás de papeis, deixando de ser “homens de Deus”;

04 A excessiva planificação – “quando o Apóstolo planifica tudo minuciosamente e pensa que assim as coisas progridem torna-se num contabilista”. É a tentação de querer pilotar o Espírito Santo;

05 Má coordenação – quando se perde a comunhão e o “corpo perde a sua harmoniosa funcionalidade”;

06 O Alzheimer espiritual – esquecer a história do encontro com Deus. Perda da memória com o Senhor. Criam muros e são escravos de ídolos.

07 Rivalidade e vã glória – quando o objetivo da vida são as honorificiências. Leva-nos a ser falsos e a viver um falso misticismo.

08 Esquizofrenia existencial – “vivem uma vida dupla fruto da hipocrisia típica do medíocre e do progressivo vazio espiritual que livenciaturas e títulos académicos não podem preencher”. Burocratismo e distância da realidade. Uma vida paralela.

09 Mexericos – nunca é demais falar desta doença. Podem ser homicidas a sangue frio. “É a doença dos velhacos que não tendo a coragem de falar diretamente falam pelas costas”. Defendamo-nos do terrorismo dos mexericos;

10 Cortejar os chefes – Carreirismo e oportunismo. “Vivem o serviço pensando unicamente àquilo que devem obter e não ao que devem dar”. Pode acontecer também aos superiores;

11 Indiferença perante os outros – quando se esconde o que se sabe. Quando por ciúme sente-se alegria em ver a queda dos outros em vez de o ajudar a levantar”;

12 Cara fúnebre – para ser sérios é preciso ser duros e arrogantes. “A severidade teatral e o pessimismo estéril são muitas vezes sintomas de medo e insegurança”. “O apóstolo deve esforçar-se por ser uma pessoa cortês, serena, entusiasta e alegre e que transmite alegria...”. “Como faz bem uma boa dose de são humorismo”;

13 Acumular bens materiais – “Quando o apóstolo tentar preencher uma vazio existencial no seu coração acumulando bens materiais, não por necessidade, mas só para sentir-se seguro”;

14 Círculos fechados – viver em grupinhos. Inicia com boas intenções mas faz cair em escândalos;

15 O lucro mundano e exibicionismo – “quando o apóstolo transforma o seu serviço em poder e o seu poder em mercadoria para obter lucros mundanos ou mais poder.

O Papa Francisco concluiu o seu discurso recordando de ter lido uma vez que “os sacerdotes são como os aviões, fazem notícia só quando caiem...”. “Esta frase” – observou o Papa – “é muito verdadeira porque delineia a importância e a delicadeza do nosso serviço sacerdotal e quanto mal poderia causar um só sacerdote que cai a todo o Corpo da Igreja”. (RS)

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Feliz Natal do papa Francisco

O Natal costuma ser sempre uma ruidosa festa; entretanto se faz necessário o silêncio, para que se consiga ouvir a voz do Amor.

Natal é você, quando se dispõe, todos os dias, a renascer e deixar que Deus penetre em sua alma.


O pinheiro de Natal é você, quando com sua força, resiste aos ventos e dificuldades da vida.


Você é a decoração de Natal, quando suas virtudes são cores que enfeitam sua vida.


Você é o sino de Natal, quando chama, congrega, reúne.


A luz de Natal é você quando com uma vida de bondade, paciência, alegria e generosidade consegue ser luz a iluminar o caminho dos outros.


Você é o anjo do Natal quando consegue entoar e cantar sua mensagem de paz, justiça e de amor.


A estrela-guia do Natal é você, quando consegue levar alguém, ao encontro do Senhor.


Você será os Reis Magos quando conseguir dar, de presente, o melhor de si, indistintamente a todos.


A música de Natal é você, quando consegue também sua harmonia interior.


O presente de Natal é você, quando consegue comportar-se como verdadeiro amigo e irmão de qualquer ser humano.


O cartão de Natal é você, quando a bondade está escrita no gesto de amor, de suas mãos.


Você será os “votos de Feliz Natal” quando perdoar, restabelecendo de novo, a paz, mesmo a custo de seu próprio sacrifício.


A ceia de Natal é você, quando sacia de pão e esperança, qualquer carente ao seu lado.


Você é a noite de Natal quando consciente, humilde, longe de ruídos e de grandes celebrações, em silêncio recebe o Salvador do Mundo.


Um muito Feliz Natal a todos que procuram assemelhar-se com esse Natal.



Papa Francisco

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Novena de Natal Nos Passos de Paulo a Jesus

Dicas para viver bem este Natal:

1. Faça conosco a Novena Nos Passos de Paulo a Jesus
Providencie o presépio: manjedoura, palhinhas, cisal ou fios de corda, 
as figuras do presépio: Jesus, Maria, José e outros.

2. Acompanhe a Novena  nos dias: 9,10,11,15,16,17,18,22,23 de dezembro, das 20 às 21h pela Rádio 9 de julho AM 1600

3. Reúna mais alguém para participar com você.

4. Convide mais alguém para sintonizar e acompanhar pela Rádio

5. A Novena será publicada no blog Nos Passos de Paulo para que você possa acompanhar os textos.


http://nospassosdepaulo.com.br

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Calendário do Advento
 A CAMINHO DE BELÉM

DEZEMBRO 2014
dIa 01 - Vigiem e estejam preparados”. Como vigiar e nos preparar? - CONFIANÇA

dia 02 - Vigilância e  CONVERSÃO a Deus
dia 3 - Libertação da CORTINA DAS APARÊNCIAS


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Um presente especial

O homem que estava atrás do balcão, olhava a rua, de forma distraída.

Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine. Os olhos da cor do céu brilharam quando viram determinado objeto. Entrou na loja e pediu para ver o colar de turqueza azul.

- É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito? -  disse ela.

O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou:

- Quanto dinheiro você tem?

Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão, e feliz disse:

- Isso não dá?

Eram apenas algumas moedas que ela exibia orgulhosa.

- Sabe, – continuou – eu quero dar este presente para a minha irmã mais velha. Desde que morreu nossa mãe, ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ela ficará feliz com o colar que é da cor de seus olhos.

O homem foi para o interior da loja. Colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.

- Tome! Disse para a garota. Leve com cuidado.

Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.

Ainda não acabara o dia, quando uma linda jovem de cabelos  loiros e maravilhosos olhos azuis adentrou a loja. Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:

- Este colar foi comprado aqui?

- Sim senhora.

- E quanto custou?

- Ah! falou o dono da loja. O preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o cliente.

A moça continuou:

- Mas minha irmã somente tinha algumas moedas. O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo.

O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e o devolveu à jovem.

- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar: ELA DEU TUDO O QUE TINHA…

O silêncio encheu a pequena loja, e duas lágrimas rolaram pela face emocionada da jovem

enquanto suas mãos tomavam o pequeno embrulho.

“A verdadeira doação é  por inteiro, sem restrições. A gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura. Seja sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém. 
Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece”

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

26 de novembro: recordando Alberione

26 de novembro: recordando Alberione

O  Apóstolo Paulo convida os filipenses e a nós a ficarmos alegres, por que? Quais os motivos desta alegria?  Alberione recomendava também à família Paulina que se alegrasse.

“Não vos deixeis tomar pelo desencorajamento. A nossa não é uma alegria que nasce de possuir muitas coisas, mas de ter encontrado uma pessoa: Jesus”.

 Portanto, uma alegria profunda, uma alegria possível a todos e todas, alegria que nasce do encontro com Jesus Cristo. E a partir disto, Alberione  dava mais motivações para estarmos alegres, felizes:
“A mão do Senhor está sobre nós”. Como nos sentirmos tristes e infelizes, sós, confusos? A mão do Senhor nos guia e indica os caminhos.

 Celebrando neste ano o Centenário da Família Paulina, o Provincial Padre Valdir assim se expressou:

“Antes de tudo, é uma grande alegria – e motivo de agradecimento a Deus! –, comemorar os cem anos de fundação da Família Paulina,  fundada, na Itália, pelo bem-aventurado Tiago Alberione. A celebração abre-nos a possibilidade de rever a caminhada de um século, na qual incluímos pessoas e muitas obras de evangelização desenvolvidas nos cinco continentes do nosso planeta”,

Para Alberione, segredo de verdadeira comunicação é a alegria:

Os maiores santos, dizia ele,  se vivessem hoje, utilizariam o microfone para difundir, com entusiasmo e alegria, a sua mensagem de justiça, verdade e paz!”

O bem-aventurado Alberione sabia de onde vinha a alegria e a felicidade. A fonte estava no verdadeiro sentido que se dá á vida. Dizia:
"A quem encontrou o sentido verdadeiro e concreto da vida é fácil estar alegre".

REZEMOS
Senhor, glorificai na vossa Igreja o bem-aventurado Tiago Alberione. Que ele seja para nós exemplo e intercessor no caminho de nossa santificação e de nosso apostolado. Ajudai-nos em nosso trabalho de evangelização, a fim de que a presença de JESUS Mestre, Caminho, Verdade e Vida, se irradie no mundo por meio de Maria, Mãe e Rainha dos Apóstolos. Concedei-me a graças que agora vos pelo…

Pai-nosso. Ave Maria, Glória
Ò Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, tende piedade de nós.
Rainha dos Apóstolos, rogai por nós.
São Paulo Apóstolo, rogai por nós.
De todo o pecado, livrai-nos, senhor.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

WHATSAPP Nos Passos de Paulo

WHATSAPP Nos Passos de Paulo
Agora você pode se comunicar com o programa Nos Passos de Paulo pelo WhatsApp.

WhatsApp Messenger é um aplicativo de mensagens instantâneas para smartphones. Além de mensagens de texto, os usuários podem enviar imagens, vídeos e mensagens de áudio de mídia. O software está disponível para Android, BlackBerry OS, iOS, Symbian, Windows Phone, e Nokia.

Comunique-se conosco no Programa Nos Passos de Paulo pelo WhatsApp 


11 9 4169 3879